Saiba Quando Aplicar uma Pesquisa de Satisfação de Funcionários

Tempo de leitura: 7 minutos

Funcionários insatisfeitos são sinônimo de baixa produtividade, aumento de erros, perdas e retrabalho, além de evasão de talentos, rotatividade elevada e até de aumento de causas trabalhistas, com grande prejuízo para sua empresa.

A pesquisa de satisfação de funcionários pode ser comparada a uma pesquisa de clima organizacional, em que se detectam as expectativas dos colaboradores sobre a empresa, o que acham das condições de trabalho oferecidas, o papel das lideranças na condução de suas responsabilidades, as políticas internas de feedback e orientação de subordinado, às possibilidades de ascensão na carreira, o aprimoramento e o crescimento profissional, o nível dos salários, os benefícios e muitos outros fatores.

A pesquisa de satisfação dos funcionários pode seguir um modelo semelhante ao da pesquisa de clima organizacional, dependendo daquilo que você quer avaliar. Na verdade, muitos consideram que o questionário de satisfação dos funcionários é uma parte de todo o processo de pesquisa de clima, o que não deixa de ser verdade, sob certos aspectos.

Para ajudar você a descobrir quando é necessário fazer uma pesquisa de satisfação com seus funcionários, vamos apresentar alguns “sintomas” de que as coisas não andam bem e que algo precisa ser feito.

Como dissemos, o ideal é fazer essas pesquisas de satisfação dos colaboradores regularmente e, de preferência, com um enfoque de pesquisa de clima organizacional, auxiliado por profissionais do departamento de Recursos Humanos ou mesmo consultores externos.

Caso você queira optar por algo menos formal, vamos dar as dicas que você precisa para saber quando e como fazer uma pesquisa de satisfação dos funcionários.

👉  Como Saber o Que o Meu Cliente Pensa da Minha Empresa

👉  Como as reclamações podem te ajudar a fidelizar clientes

Quando e como fazer pesquisa de satisfação de funcionários?

Muitos empresários acreditam que pagar salários em dia e com todos os benefícios que a lei exige é suficiente para que sua equipe dê o seu melhor e trabalhe motivada.

Mas a realidade é outra. Muito mais que um salário justo e boas comissões, os empregados de uma empresa têm outras necessidades. Como condições de trabalho adequadas, chefes que os orientem e forneçam feedback, materiais para trabalhar, instalações dignas e confortáveis, conhecimento dos planos estratégicos da empresa, possibilidade de crescimento na carreira, um ambiente saudável de companheirismo com os colegas, facilidade de transporte e comunicação, além de fatores externos, como tempo para o lazer, a família e os amigos.

E quando esses fatores começam a parecer desfavoráveis, algumas consequências negativas podem atingir sua empresa. Ao detectar alguns desses problemas, é hora de tomar providências. E a primeira delas é fazer uma pesquisa de satisfação de funcionários.

Vamos ver agora quais os sintomas que indicam a necessidade de fazer essa pesquisa:

Sintomas para fazer a pesquisa de satisfação de funcionários

  • Aumento de faltas: A chamada queda da assiduidade é um exemplo clássico de manifestação da insatisfação dos funcionários. Eles já não se sentem mais motivados a ir trabalhar e qualquer desculpa serve para ficar em casa. Em muitos casos, estão até forçando uma demissão, fique atento.
  • Crescimento de atrasos e saídas antes do horário: Muito semelhante ao caso anterior, os colaboradores fazem o possível para passar o menor tempo necessário em sua empresa.
  • Aumento dos pedidos de demissão: Mesmo em períodos de crise, às vezes seus funcionários não aguentam mais as condições de trabalho, o clima na empresa, as “injustiças” do chefe ou até mesmo a relação com os colegas. Além de perder talentos, isso implica em custos para reposição de colaboradores, treinamento e integração dos novatos.
  • Maior número de afastamento e licenças médicas: As pessoas começarem a adoecer com mais frequência em função do estresse ou de outros fatores que encontram no ambiente de trabalho.
  • Aumento das reclamações dos clientes: Totalmente desmotivados, os funcionários não têm mais paciência nem compromisso com os clientes, gerando muitas reclamações.
  • Perdas, erros e retrabalho: Sem vontade de fazer bem-feito e achando que merecem mais, o trabalho dos colaboradores começa a apresentar falhas frequentes, causando prejuízos para a empresa.
  • Crescimento de reclamações entre funcionários: Os funcionários começam a reclamar com seus chefes sobre os colegas ou com os superiores dos chefes sobre estes. Ligue a luz de alerta neste momento!
  • Um clima pesado no ar: Esse fator é mais um sentimento que você precisa desenvolver para perceber que sua empresa está se tornando um lugar desagradável de se conviver, cheio de fofocas e conversinhas “no cafezinho”, parece um local difícil de encontrar pessoas com afinidades. Ninguém quer trabalhar em um ambiente assim!

Bom, se perceber algum desses fatores, pense imediatamente em descobrir o que está errado, com uma boa pesquisa de satisfação de funcionários. Mas se a dúvida é como fazer pesquisas de satisfação de funcionários? Separamos alguns modelos de perguntas para você aplicar de forma rápida.

Como fazer pesquisa de satisfação de funcionários?

Você vai notar que além de entender fatores simples como as condições de trabalho, material para trabalhar, acomodações, salários e benefícios, é preciso perceber também como os colaboradores enxergam seus líderes e suas competências para liderar, como convivem com os colegas, se acreditam que podem subir na carreira dentro da empresa, se são valorizados e consultados, se recebem feedback e muitas outras perguntas importantes.

Dependendo do modelo escolhido, diferentes perguntas de pesquisa de clima organizacional podem ser feitas. Separamos uma relação de 25 delas para que você possa ter uma visão mais clara de como são elaboradas:

  1.    Você sempre recebe as informações que necessita para fazer seu trabalho?
  2.    Acredita que terá oportunidades de crescimento de sua carreira nesta empresa?
  3.    Você é incentivado a contribuir para a melhoria dos processos de trabalho?
  4.    Seu trabalho propicia sempre estar aprendendo coisas novas?
  5.    Os esclarecimentos e orientações de seus superiores sobre suas tarefas ajudam a realizar seu trabalho?
  6.    Seu superior o auxilia a descobrir como aprender e se capacitar?
  7.    A empresa oferece oportunidades de treinamento para todos?
  8.    Ter uma perspectiva de carreira o motiva a trabalhar nesta empresa?
  9.    O ambiente da empresa facilita o relacionamento entre os colaboradores?
  10. Seus colegas estão sempre dispostos a se ajudarem mutuamente?
  11. Você confia em seus colegas de trabalho?
  12. Os colaboradores desta empresa tem um bom relacionamento entre si?
  13. Os demais integrantes da empresa o atendem prontamente quando precisa de seu auxílio?
  14. Em geral, seus colegas de empresa compartilham conhecimento?
  15. Todos os colaboradores são envolvidos na tomada de decisão?
  16. Acredita que o tempo que usa em sua jornada de trabalho é suficiente para cumprir suas tarefas e obrigações?
  17. Desejaria ter funções de maior responsabilidade?
  18. Você sente prazer em realizar seu trabalho?
  19. Você considera que seu trabalho é importante para a empresa atingir seus objetivos?
  20. Você sente que trabalhar nesta empresa contribui para melhorar sua vida?
  21. Você acredita que seu trabalho na empresa é motivo para você e sua família se sentirem seguros?
  22. Você se sente orgulhoso e conta aos amigos e parentes que trabalha nesta empresa?
  23. Ao terminar sua jornada e ir para casa, você se sente realizado profissionalmente?
  24. Você conhece os objetivos desta empresa?
  25. Você acredita que os produtos e serviços oferecidos ao mercado por esta empresa são importantes para a sociedade?

Estes são alguns exemplos de perguntas de pesquisa de clima organizacional. O ideal é que estas pesquisas sejam desenvolvidas, aplicadas e interpretadas por profissionais experientes do departamento de Recursos Humanos ou por consultores especializados.

Notas Finais

Quanto mais envolvido o colaborador estiver com os processos internos, melhor. E quanto mais positiva for a imagem que ele tem da empresa, maiores as chances de a companhia ter sucesso.

E a sua empresa? Será que ela está construindo uma boa reputação como empregadora? Se ficou alguma dúvida referente a leitura, entre em contato conosco 🙂

Trechos deste artigo foram retirados do blog da Agendor – escrito por Gustavo Paulillo – CEO Agendor

Deixe seu comentário :)

comentários