Marketing de relacionamento: tudo o que você precisa saber de fato

Tempo de leitura: 6 minutos

Em um cenário competitivo e com tantas informações como o atual, apenas vender não é mais a única preocupação das empresas. É preciso mais do que isso, encantar os clientes passou a ser uma necessidade e, por isso, o marketing de relacionamento vem ganhando tanta importância.

Muito mais do que obter novos consumidores, é importante construir bem a marca e fidelizá-los, de forma que eles passem a disseminar seus produtos e benefícios.

Com isso, a marca ganha espaço, autoridade e está sempre um passo à frente da concorrência, o que é o sonho de todo empreendedor, não é mesmo?

Você realmente sabe o que é marketing de relacionamento e como ele pode ser implementado em seu negócio? Confira nosso artigo e fique ainda mais por dentro do tema!

O que é marketing de relacionamento?

O tão falado marketing de relacionamento é o conjunto de técnicas e estratégias para construção, disseminação, prospecção e fidelização de marca. O grande objetivo é deixar o cliente em primeiro plano, tendo uma estratégia centrada nele, de forma que ele se torne fiel, defensor e divulgador da sua marca.

Oferecer boas experiências aos usuários faz com que a empresa se torne referência, afinal, os consumidores não buscam mais apenas por produtos, eles querem ser tratados de forma diferenciada e uma boa jornada de consumo.

Dessa forma, o marketing de relacionamento nada mais é do que todas as ações tomadas por uma empresa como forma de criar e manter um relacionamento positivo com os clientes.

É preciso saber que essa relação é uma via de mão dupla. Os clientes não se tornarão fãs por nada, é preciso oferecer vantagens e diferenciações para que isso aconteça.

O marketing de relacionamento é uma tarefa contínua e progressiva. Não adianta criar ações e logo se esquecer delas. É preciso manter essas ações e se relacionar com os clientes.

Como implantar o marketing de relacionamento?

Muitas são as ações que podem ser tomadas nas estratégias de marketing de relacionamento, e, para todas, é de extrema importância conhecer bem seu público e ter bons canais de comunicação.

Separamos algumas dicas importantes. Dê uma olhada!

Conheça seus clientes

Conhecer e entender seu público é essencial para traçar estratégias e tomar ações de marketing de relacionamento. Manter o banco de dados atualizado e completo é muito importante para se relacionar e saber qual a necessidade e a abordagem do momento.

Use as interações para extrair informações e conte com um CRM para mapear os dados e as referências importantes de seus usuários.

Também é interessante criar pesquisas de opinião com os clientes e saber o que eles pensam sobre sua marca e seu atendimento. Isso possibilita ainda conhecer mais sobre eles. Pode ser válido oferecer algum benefício para que mais respostas sejam coletadas.

Ao saber mais do seu público, crie personas, aquelas representações dos clientes ideais da empresa. Assim, será mais fácil direcionar ações e focar o relacionamento com os mais variados perfis.

Utilize várias ferramentas

Deve-se utilizar várias ferramentas em uma estratégia de marketing de relacionamento. É preciso entender a empresa e saber o que tem mais a ver com o momento e a necessidade atual.

Uma forma muito interessante de alcançar o público é através do e-mail marketing. O e-mail é extremamente personalizável e, com boas estratégias, podem ser oferecidas novas soluções no momento correto.

Além disso, o e-mail cria relação de proximidade, faz o cliente se sentir especial, por exemplo, ao enviar felicitações e vantagens em datas especiais, como aniversário. Além de dar a chance de se oferecer conteúdos relevantes, fazem parte fortemente do pós-venda.

É bacana também utilizar inbound marketing e oferecer conteúdos e soluções relevantes para o seu consumidor, dando novas visões para os antigos e se aproximando dos novos e futuros.

Outro ponto que não pode ser esquecido são as redes sociais, importantes para manter a proximidade com os clientes. Por lá, é possível divulgar conteúdos de acordo com suas personas, gerar ofertas diferenciadas e fazer pesquisas.

Lembre-se de que cada rede pede uma estratégia diferente. É preciso saber bem em qual vai atuar e criar estratégias e conteúdos diferenciados para cada uma delas e seus públicos.

Crie programas de fidelidade

Criar sistemas de pontuação ou fidelidade é muito comum no marketing de relacionamento. A estratégia garante benefícios para aqueles que consomem sempre o seu produto, estimulando, então, a fidelidade.

As vantagens podem ser muitas, como descontos, parcelas do serviço, hospedagens, refeições, milhas, tudo depende do seu tipo de negócio.

Mais uma vez, é importante conhecer os clientes, afinal, para oferecer vantagens, é preciso saber o que é atrativo e surpreendente para eles.

Ofereça canais de comunicação e tenha uma área de Customer Success

Ter canais variados para que clientes se comuniquem com a empresa é essencial, porém é preciso cuidar para que todos eles realmente funcionem e não sejam um “tiro no pé”.

O consumidor precisa ser respondido e ter o máximo de sua necessidade atendida em qualquer canal pelo qual decidir entrar em contato, sem ser redirecionado para diversos outros.

Para que essa atenção ao cliente seja total, é importante contar com uma área de Customer Success, aquele time que tem foco no cliente e no sucesso de sua experiência.

A partir desse setor, será mais fácil entender o cliente e saber quais conteúdos e formatos podem ser adotados e mudados.

Fique de olho nas métricas

Não adianta implantar estratégias e não saber se elas têm funcionado, certo? Por isso, é importante contar com algumas métricas sobre o marketing de relacionamento.

É essencial mensurar o número de vendas, afinal, esse é o principal objetivo do negócio, número de clientes que entram em programas de fidelidade, taxa de retenção de clientes, NPS, churn rate e qualquer outra estratégia que faça sentido para sua empresa.

Conclusão

Alguns empreendedores se perguntam se é realmente necessário investir em marketing de relacionamento, e a resposta é, sem dúvida, sim.

É preciso cada vez mais estar perto de seu público e oferecer boas experiências para que os clientes não se tornem detratores da marca e atinjam um grande número de pessoas, coisa muito fácil de acontecer atualmente.

Os clientes atuais buscam mais do que produtos ou serviços, e é a empresa que definirá quão longo será o relacionamento com o cliente a partir de suas decisões estratégicas.

Investir em marketing de relacionamento é ter aquele algo a mais tão importante e diferencial do mercado.
Como você tem tratado esse tema em sua empresa? Aproveite que agora sabe um pouco mais sobre marketing de relacionamento, implante algumas ações e conte com nossas soluções para auxiliar você.

Deixe aqui seu comentário!