Lifetime value: como saber o valor de um cliente na sua empresa?

Tempo de leitura: 6 minutos

Sua empresa sabe o valor que os clientes gastam com seus produtos durante as jornadas de compra? Se você não sabe essa resposta, está mais do que na hora de começar a calcular o lifetime value (LTV).

Calcular quanto cada cliente rende é essencial para a empresa e, mais do que saber fórmulas, é preciso entender a importância dessa métrica.

Confira nosso artigo, saiba o que é o lifetime value, como calcular esse indicador e qual a sua importância!

O que é lifetime value e como calcular?

Mais do que conhecer quanto seu cliente gera de faturamento e quanto é investido por ele, é importante também identificar oportunidades de aumentar o relacionamento entre ele e sua empresa e fazer com que ele invista ainda mais em seu produto ou serviço.

Por isso o lifetime value é uma métrica importante para o planejamento e a coleta de resultados de ações de uma empresa.

O lifetime value é o valor do ciclo de vida do cliente, ou seja, o quanto um cliente gasta com sua marca durante todo o relacionamento que tem com ela.

Para que fique mais fácil de entender, vamos exemplificar.

Imagine que o gasto médio de seus clientes por mês com seus produtos ou serviços seja de R$ 300. Esse valor é pago todo mês, ou seja, 12 meses por ano.

Considere também que o relacionamento dos clientes dure cerca de 3 anos, desde a compra até o cancelamento.

Multiplicando todos esses números, calculamos que o lifetime value de seus clientes é de R$ 10.800.

Assim, a fórmula utilizada é para calcular o lifetime value é:

LTV = Ticket médio x Número de compras ao ano x Tempo de duração do contrato

O lifetime value é um cálculo que se baseia no tempo de relação, por isso ele se modifica facilmente com as mudanças de estratégias e vendas.

É importante sempre refazer o cálculo para garantir maior assertividade de resultados.

Esse indicador é essencial para a saúde do negócio, afinal, saber quanto cada cliente gasta em média com seu produto pode ajudá-lo a definir orçamentos de marketing, ter previsões de receitas, encontrar falhas e oportunidades.

Como qualquer outra métrica, o lifetime value é importante, mas não pode ser pensado sozinho, e sim analisado dentro de um contexto, associado a outras métricas relevantes, como o churn rate, custo de aquisição de cliente e ticket médio.

Por que é importante calcular o LTV?

Agora que você entendeu um pouco melhor o que é o lifetime value e como ele é calculado, já deve ter percebido como esse número pode ajudar você a tomar uma série de decisões, certo?

Como já citamos, quando trabalhado em conjunto com outras métricas, principalmente o CAC (Custo de Aquisição de Clientes), o LTV ajuda a entender se sua empresa gasta mais para conquistar ou reter clientes.

Com números em mãos, é possível analisar:

  • Valores investidos para aquisição e retenção de um novo cliente (lembrando que o custo para conquistar novos clientes não pode ultrapassar o que você gasta para retê-los);
  • Tempo de duração do relacionamento dos clientes com sua empresa;
  • Rentabilidade que os novos clientes trarão;
  • Direcionamento do orçamento de marketing;
  • Melhorias no processo de vendas.

Como aumentar o lifetime value da empresa?

O objetivo de qualquer negócio é fazer com que os clientes se relacionem o maior tempo possível com a marca e que o valor investido aumente com o passar desse tempo.

Sabemos que não existe fórmula para que isso aconteça, mas algumas técnicas e práticas podem ajudar sua organização.

Confira o que separamos para você!

Invista em marketing de conteúdo

Quando bem executado, o marketing de conteúdo tem o poder de atrair muitos clientes, independentemente de seu nicho de atuação.

É importante desenvolver estratégias e entender o que vale a pena para sua empresa. Seja criar um blog, focar redes sociais, investir em SEO ou trabalhar com mais newsletter, por exemplo.

O essencial é que esse setor não seja negligenciado e que exista planejamento, execução e análise de resultados.

Foque a fidelização

Para que o lifetime value de uma empresa obtenha bons resultados, o tempo é um fator importante. Por isso, é preciso investir na fidelização dos clientes.

Programas de fidelidade e de vantagens são interessantes para esse esforço contínuo.

Essas estratégias incentivam as compras e oferecem benefícios aos consumidores, que terão mais vontade de voltar a fazer negócio com sua marca.

Clientes repetidos são sempre mais lucrativos do que aqueles que fazem uma única compra. Custa menos reter do que adquirir um novo consumidor.

Invista no sucesso do cliente

Relacionamento e sucesso do cliente estão muito ligados e requerem atenção durante toda a jornada de compra.

Mais do que um bom produto ou serviço, é preciso oferecer boas experiências ao público.

Focar o sucesso do cliente garante que a empresa entregue valor, conheça as dores dele, preveja problemas e evita-os antes de acontecer.

Entender o cliente e contar com uma equipe preparada para o suporte é essencial e pode estreitar o relacionamento e, consequentemente, o lifetime value.

Conte com um CRM

Para oferecer boas soluções de atendimento para o cliente, é preciso estar por dentro da jornada dele e conhecer as necessidades apresentadas durante cada interação.

Quanto maior for seu público, mais difícil é fazer esse controle de forma manual, por isso contar um software CRM (Customer Relationship Management) pode ajudá-lo a fazer contatos estratégicos periódicos para identificar níveis de satisfação e novas oportunidades de negócio.

Conclusão

Mensurar resultados de qualquer ação é essencial dentro das empresas. Para tomar decisões, é preciso se basear em números e resultados reais.

Ao conhecer mais do lifetime value, muitas decisões podem ser tomadas de forma mais estratégica e outros esforços podem ser mais bem direcionados.

Saber o quanto o cliente investe em um negócio é crucial para entender como ele pode gastar mais e gerar mais lucro, o que é, afinal, o objetivo dos negócios, não é mesmo?Você já tem calculado o lifetime value em sua empresa? Aproveite que agora você sabe mais sobre o tema e assista nosso webinar sobre cultura centrada no cliente para entender como essa estratégia pode ajudar nos resultados da sua organização!

Deixe seu comentário :)

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *